Willem e os “novos amigos” do Charlie Hebdo

Willem: "Vomitamos em todas estas pessoas que subitamente dizem ser nossos amigos."
Vomitamos em todas estas pessoas que subitamente dizem ser nossos amigos.
Willem

Bernard Holtrop, mais conhecido como Willem é cartoonista e autor de BD,foi galardoado em 2013 com o Grand Prix de Angoulême. O autor holandês radicado em França desde 1968 divide o seu tempo entre o Charlie Hebdo e o Liberation, em entrevista ao jornal Volkskrant, reproduzida pela Raw Story, o autor comenta os súbitos amigos do jornal satírico após o atentado de 7 de Janeiro.

Nós temos um monte de novos amigos, como o Papa, a rainha Elizabeth e [o presidente russo, Vladimir] Putin. Isso, realmente faz-me rir.

É um facto que mereceu um cartoon na última edição do Charlie Hebdo e não tem passado incólome a outros cartonistas.

Charlie-edgar-vasquez
Cartoon de Edgar Vasques para o Diário Popular de Pelotas
charlie-dutreix
Cartoon de R. Dutreix via La Nouvelle Edition
Uma vidente conta a Charb, Wolinsky, Cabu e Tignous o futuro deles:
“Vejo que vocês vão ser assassinados por terroristas … o sino de Notre-Dame soará, haverá um desfile com a Hollande, Valls, Sarkozy, Cope, Merkel, Cameron e Netanyahu… haverá bandeira tricolores e vão cantar a “Marselhesa” … vão propor que entrem no panteão, o Nasdaq e da Academia Francesa vão dizer “eu sou Charlie” e o Papa vai rezar por vocês…”
Charlie-james-van-otto
Excerto da BD “I Still Can’t Believe It” de James Van Otto
Tradução: A homenagem unânime ao Charlie Hebdo, embora reconfortante é bastante estranha.

O facto de a maioria das pessoas (que hoje “são Charlie”) desconhecerem o jornal satírico, também é abordado pelo autor:

Há alguns anos, milhares de pessoas saíram às ruas no Paquistão para protestar contra o Charlie Hebdo. Eles não sabiam o que era. Agora é o contrário, mas se as pessoas estão protestando para defender a liberdade de expressão, naturalmente que é algo bom.

[via rawstory.com / cartoons de várias fontes]

Tags from the story
, ,
Written By
More from Bruno Campos

Fernando Relvas na Primeira Pessoa

O falecimento de um autor não significa o desaparecimento das suas ideias...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *