Um T-O Com Vista Para O Esgoto – 167 Desenhos De Susa Monteiro

“Um T-0 Com Vista para o Esgoto” é um exposição individual de Susa Monteiro que vai estar patente na Casa da Cultura, em Beja, a partir de dia 23 de Novembro até dia 31 de Dezembro.

A exposição reúne 167 desenhos de Susa Monteiro eu pretende editar 3 livros de ilustração com esses trabalhos no próximo ano. Serão livros, porque são várias séries individualizadas, embora com técnicas e temas comuns. Será uma edição de autor.

Susa Monteiro nasceu em Beja em 1979, cidade onde reside. Estudou Realização Plástica do Espectáculo na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa, e Cinema de Animação no CITEN. Trabalhou durante vários anos como figurinista e aderecista para o teatro e o cinema.

Em 2002 integrou o Colectivo Toupeira, passando a dedicar-se principalmente à banda desenhada e à ilustração. Em 2005, com a criação da Bedeteca de Beja, passou a colaborar com todas as iniciativas da instituição, fazendo ainda a direcção adjunta do Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja. É também a responsável pela linha gráfica da Bedeteca e do Festival.
Tem publicado bandas desenhadas curtas nos fanzines “Venham +5” e “Efeméride” (Portugal), “Barsowia” (Espanha) e “Café Espacial” (Brasil) e publicou os livros “A Carga” (Bedeteca de Beja, 2008) e “Jorge Palma” (Editora Tugaland, 2009). Participou ainda nos livros colectivos “Vencer os Medos”, com argumento de João Paulo Cotrim (Assírio & Alvim, 2008) e “Portimão – Como se faz uma cidade” (Câmara Municipal de Portimão, 2010).

Fora da área da banda desenhada, ilustrou os livros “Breviário das Almas”, de Joaquim Figueira Mestre (Oficina do Livro, 2009); “Cartas Portuguesas”, de Soror Mariana Alcoforado (Cocas Produções, 2011); “Uma História de Amor no Casal da Eira Branca”, de Tomás Vasques (abysmo, 2012) e “Sem Óculos Cor-De-Rosa”, de Ana Paula Figueira (Calendário de Letras, 2013). Participou também no livro colectivo “Sérgio Godinho e as 40 Ilustrações” (abysmo, 2011).
Desde o início de 2008 que ilustra a crónica de António Lobo Antunes para a revista Visão, desenhando também regularmente para os jornais Público e Diário do Alentejo.

Entre as muitas exposições que realizou ou em que participou, destacam-se as seguintes: “Ilustra 33” (XV Festival CCP, Lisboa, 2013), “Sérgio Godinho e as 40 Ilustrações” (4 A Fábrica, Lisboa, 2011 – e em itinerância pelo país), “Tinta Nos Nervos” (Museu Colecção Berardo, Lisboa, 2011), “Salão Europeu de Banda Desenhada de Bucareste” (Roménia, 2011), “Cor – 15 Ilustradores Portugueses” (Ar.Co /Casa da Cerca / Centro Português de Serigrafia, Lisboa, 2008), “Susa Monteiro” (IV FIBDB, Beja, 2008), e “17 Autores Portugueses Contemporâneos” (17º FIBDA, Amadora, 2006).

Entre outros prémios, venceu em 2011 o Prémio Stuart de Desenho de Imprensa, com um trabalho realizado para o Diário do Alentejo. Foi também nomeada em 2012 para os Troféus Central Comics – HD: Melhor Artista Nacional 2001-2012.

A exposição “Um T-O Com Vista Para O Esgoto” inaugura dia 23, às 18h30, e ocupa todos os espaços expositivos da Casa da Cultura (rés-do-chão e 1º andar). Encerra a 31 de Dezembro. Pode ser visitada de 2ª a 6ª, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 23h30. E aos sábados, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Written By
More from Bruno Campos

Um pequeno balanço de 2017

Terminou um ano que foi pelo menos, aparentemente, um bom ano para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *