Um T-O Com Vista Para O Esgoto – 167 Desenhos De Susa Monteiro

“Um T-0 Com Vista para o Esgoto” é um exposição individual de Susa Monteiro que vai estar patente na Casa da Cultura, em Beja, a partir de dia 23 de Novembro até dia 31 de Dezembro.

A exposição reúne 167 desenhos de Susa Monteiro eu pretende editar 3 livros de ilustração com esses trabalhos no próximo ano. Serão livros, porque são várias séries individualizadas, embora com técnicas e temas comuns. Será uma edição de autor.

Susa Monteiro nasceu em Beja em 1979, cidade onde reside. Estudou Realização Plástica do Espectáculo na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa, e Cinema de Animação no CITEN. Trabalhou durante vários anos como figurinista e aderecista para o teatro e o cinema.

Em 2002 integrou o Colectivo Toupeira, passando a dedicar-se principalmente à banda desenhada e à ilustração. Em 2005, com a criação da Bedeteca de Beja, passou a colaborar com todas as iniciativas da instituição, fazendo ainda a direcção adjunta do Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja. É também a responsável pela linha gráfica da Bedeteca e do Festival.
Tem publicado bandas desenhadas curtas nos fanzines “Venham +5” e “Efeméride” (Portugal), “Barsowia” (Espanha) e “Café Espacial” (Brasil) e publicou os livros “A Carga” (Bedeteca de Beja, 2008) e “Jorge Palma” (Editora Tugaland, 2009). Participou ainda nos livros colectivos “Vencer os Medos”, com argumento de João Paulo Cotrim (Assírio & Alvim, 2008) e “Portimão – Como se faz uma cidade” (Câmara Municipal de Portimão, 2010).

Fora da área da banda desenhada, ilustrou os livros “Breviário das Almas”, de Joaquim Figueira Mestre (Oficina do Livro, 2009); “Cartas Portuguesas”, de Soror Mariana Alcoforado (Cocas Produções, 2011); “Uma História de Amor no Casal da Eira Branca”, de Tomás Vasques (abysmo, 2012) e “Sem Óculos Cor-De-Rosa”, de Ana Paula Figueira (Calendário de Letras, 2013). Participou também no livro colectivo “Sérgio Godinho e as 40 Ilustrações” (abysmo, 2011).
Desde o início de 2008 que ilustra a crónica de António Lobo Antunes para a revista Visão, desenhando também regularmente para os jornais Público e Diário do Alentejo.

Entre as muitas exposições que realizou ou em que participou, destacam-se as seguintes: “Ilustra 33” (XV Festival CCP, Lisboa, 2013), “Sérgio Godinho e as 40 Ilustrações” (4 A Fábrica, Lisboa, 2011 – e em itinerância pelo país), “Tinta Nos Nervos” (Museu Colecção Berardo, Lisboa, 2011), “Salão Europeu de Banda Desenhada de Bucareste” (Roménia, 2011), “Cor – 15 Ilustradores Portugueses” (Ar.Co /Casa da Cerca / Centro Português de Serigrafia, Lisboa, 2008), “Susa Monteiro” (IV FIBDB, Beja, 2008), e “17 Autores Portugueses Contemporâneos” (17º FIBDA, Amadora, 2006).

Entre outros prémios, venceu em 2011 o Prémio Stuart de Desenho de Imprensa, com um trabalho realizado para o Diário do Alentejo. Foi também nomeada em 2012 para os Troféus Central Comics – HD: Melhor Artista Nacional 2001-2012.

A exposição “Um T-O Com Vista Para O Esgoto” inaugura dia 23, às 18h30, e ocupa todos os espaços expositivos da Casa da Cultura (rés-do-chão e 1º andar). Encerra a 31 de Dezembro. Pode ser visitada de 2ª a 6ª, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 23h30. E aos sábados, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Written By
More from Bruno Campos

AmadoraBD: Sérgio Godinho é relevante?

Eu sei que a resposta é evidente, mas existiu alguém que se...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *