Sobressaltos, editado por Geraldes Lino, José Freitas e Bruno Caetano

Abrimos estes Sobressaltos, passamos as páginas do prefácio e somos avassalados por uma espantosa lição de narrativa e gramática da Banda Desenhada.

Em três tiras e uma prancha, Joana Afonso consegue contar a sua história com uma eficácia e foco rigoroso, deslumbrando pela capacidade narrativa. Sublinha algo que os leitores de BD conhecem bem, que a sua linguagem narrativa é algo mais vasto do que a conjugação de texto e imagem, sendo planos e enquadramentos vitais para uma boa construção da história. É difícil superar esta fasquia altíssima de Joana Afonso, apesar deste livro ser uma boa mostra da qualidade gráfica e narrativa da BD que se faz por cá. Algo que não surpreenderá os conhecedores.

Sobressaltos Joana Afonso
A mestria gráfica e narrativa de Joana Afonso na sua contribuição para a exposição e antologia.

De tertúlia a livro, o percurso dos Sobressaltos.

Sobressaltos partiu de um desafio lançado por uma organização singular. A tertúlia Sustos às Sextas, organizada com sentido classicista por António Monteiro, com a capacidade organizacional de João Castanheira e apoio da Fundação Marquês de Pombal, tem-se distinguido pela forma sustentada como consegue juntar regularmente fãs do terror e do fantástico. Nas suas duas temporadas já conta com dez edições, todas obedecendo à mesma estrutura: música, conversa com membros destacados da comunidade sobre cinema, literatura ou tradições do terror, e narração dramatizada. A tertúlia, mensal, inclui sempre exposições temáticas de fotografia, pintura e ilustração.

No ano passado foi lançado o desafio aos desenhadores e ilustradores portugueses para ilustrar figuras clássicas do terror, exposição que não se esgotou nos limites da tertúlia, tendo chegado ao festival de cinema MOTELx. Este ano renovaram o desafio, desta vez sob a forma de curtas de banda desenhada, a ser editadas em livro.

Confesso que perdi praticamente todas as edições neste ano, e fui apanhado de surpresa por este livro na Feira do Livro. O desafio partiu dos Sustos às Sextas, com coordenação de Geraldes Lino, José Hartvig de Freitas e Bruno Caetano. Ou seja, foi entregue ao decano da BD portuguesa, ao editor de comics com gosto mais marcante do momento e ao editor da Comic Hearts. O que poderia correr mal?

A transversalidade da BD portuguesa

De facto, nada. O tema é o terror, como não poderia deixar de ser dado o âmbito do desafio, mas o que salta à vista do leitor é uma fatia transversal do panorama estético da BD portuguesa contemporânea. Temos as elevadas ambições de Joana Afonso e o cuidado argumentista de André Oliveira, a estética independente de Pepedelrey, a tradição do cartoon com Álvaro e Ricardo Santo, a vibração cultural dos fanzines com Andreia Rechena, ou vozes novas como Rui Gamito e Mosi.

Sobressaltos Luís Cavaco
Luís Cavaco a canalizar o terror ao melhor estilo de Cronenberg.

Se, como leitor, a história Ossos de Joana Afonso foi a que causou mais impacto, há ao longo do livro outras excelentes razões de leitura. Sublinho aqui que está a entrar em acção o meu gosto pessoal como leitor, subjectivo e com critérios pessoais inerentes. Surpreendeu-me o expressionismo inerente a Em Nós, de Ricardo Drummond e André Oliveira, o body horror puro de Luís Cavaco em Amor Perfeito, o revisitar da tradição portuguesa dos caretos em moldes malévolos por João Sequeira (para mim, o outro grande ponto alto gráfico de uma excelente antologia), o impacto gráfico de Nuno Rodrigues e Bruno Caetano em Job, ou a estilização elegante de Pedro Brito em Shibari. São histórias que tocam pela narrativa ou pelo grafismo.

Sobressaltos 03
O folclore português torna-se arrepiante nas mãos de João Sequeira e André Oliveira.

A atenção abrangente dada pela curadoria do Sustos às Sextas na promoção do terror enquanto expressão cultural tem-se traduzido em boas e marcantes surpresas. Mais do que antologia de banda desenhada de terror, estes Sobressaltos mostram as diferentes vertentes estéticas que caracterizam a BD portuguesa contemporânea.

Sobressaltos

Autores: Joana Afonso, et al.
Editora: Comic Heart/Europress
Páginas: 48, capa mole
PVP: 12,50 €

Written By
More from Artur Coelho

Programa do Fórum Fantástico 2017

Fiéis à promessa feita na sessão de apresentação, Rogério Ribeiro e João...
Read More

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *