Se Janeiro deixar com João Sequeira

se-janeiro-deixar

“Se Janeiro deixar” é uma história curta de duas pranchas, da autoria de André Oliveira e João Sequeira, publicada na edição de Janeiro de 2016 da revista Cais.

Sobre João Sequeira

Licenciado em arquitectura (1995). Frequentou os cursos de desenho na SNBA, desenho e pintura no atelier Arte Ilimitada, banda desenhada no CITEN e design de animação e multimédia na ESTG-Portalegre. Participou em diversas exposições individuais e colectivas com trabalhos de desenho e banda desenhada. Faz BD desde 1994, tendo participado nos fanzines Alçapão, Gambuzine, Tertúlia BDzine e Efeméride. Em 2005, publica o álbum “Metamorfina” com texto de Miguel Mocho e edição Bedeteca de Lisboa, ao que se seguiram, “Psicose” (2012) com texto de Miguel Costa Ferreira e “F(r)icções“ (2014) com texto de Nuno Duarte (ambos da El Pep) e “Tormenta” (2015) com texto de André Oliveira (Polvo). Em 2010 ganha o 1º prémio (escalão A+) no festival de BD da Amadora com a BD “República” e em 2011 o 1º prémio (escalão B) no festival Moura BD com a BD “Movimento perpétuo”, ambas com texto de Miguel Costa Ferreira. Desenhou, editou e produziu vários fanzines, dos quais se destacam os números 1 e 2 do fanzine “Alçapão” (edição ordem dos arquitetos srs – delegação de Portalegre).

Tags from the story
, ,
More from André Oliveira

Cemitério dos Sonhos: Prefácio

Prefácio de O cemitério dos sonhos de Miguel Peres por André Oliveira.
Read More

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *