A vida de Robert Johnson em O Diabo e Eu

O Diabo e Eu é um album da autoria do brasileiro Alcimar Frazão, é uma edição da Polvo, editada durante o XI FIDBD.

Tendo como ponto de partida as canções de Robert Johnson, O Diabo e Eu, cria, apenas com imagens, uma ficção biográfica existencial desse personagem lendário, a partir do universo sugerido pela sua curta obra musical.

Johnson, é um mítico “bluesman” do delta do Mississipi, tendo criado na década de 1930 do século passado, uma sonoridade entendida por muitos como a ligação entre o “blues” rural, acústico e sujo, e o “blues” moderno, electrificado. O seu talento foi atribuído a um suposto pacto que ele teria feito com o Diabo na encruzilhada das estradas 61 com a 49, nos EUA.

Johnson gravou apenas 29 músicas até aos 27 anos, idade com que morre de forma misteriosa.

Me_and_Devil_07

O Diabo e Eu  é um álbum escrito e ilustrado por  Alcimar Frazão, socialista, tricolor, existencialista, metaleiro, filósofo de bar, leitor inveterado e viciado em jogos de computador. Nas querelas da História da Arte, considera-se um anticlássico dedicado ao estudo da tradição. Entre uma e outra dose de uísque foi interpretado por Clint Eastwood na sua biografia cinematográfica.

Caminhou lado a lado com Robert Johnson na encruzilhada entre Led Zeppelin e os irmãos Winchester, e a música poderosa de Johnson tornou-se a sua companhia para todas as horas. Uma pedra basilar que abriu caminho para a grandiosidade triste da vida em festa, a vida maldita, à margem, exemplarmente desenhada pelas músicas daquela geração.

alcimar-frazao-medevil

O Diabo e Eu, publicado no Brasil com o título Me & Devil, integra a colecção Romance Gráfico Brasileiro, na qual se encontram reunidos as diversas obras provenientes do Brasil publicadas pela Polvo, nos últimos anos.

odiaboeeu

O Diabo e Eu

Autor: Alcimar Frazão
Colecção: Romance Gráfico Brasileiro
Páginas: 48 págínas a preto e branco
Formato: 23 x 16,5 cm, brochado, capa a uma cor com bandanas,
ISBN: 978-989-8513-40-8
Editora: Polvo Ed
Edição: Junho 2015

Written By
More from Bruno Campos

Fernando Relvas: câmara ardente e funeral

Câmara Municipal da Amadora divulgou os detalhes relativos às cerimónias fúnebres de...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *