O rabo da Mulher-Aranha por Milo Manara

Posted by

O último capítulo, na saga do ultraje feminista, é uma capa alternativa realizada por Milo Manara para o primeiro número da nova revista de Spider-Woman, onde surge de forma proeminente o rabo da Mulher-Aranha.

O rabo da Mulher-Aranha por Milo Manara

A nova revista será escrita por Dennis Hopeless e desenhada por Greg Land (Homem de Ferro: Evoluir), tendo em conta que o artista é famoso por decalcar fotos de revistas pornográficas nas revistas que desenha. A capa alternativa ser da autoria de Milo Manara até pode encaixar tematicamente, embora se possa considerar publicidade enganosa, uma vez que diferença de talento entre os desenhistas é abismal!

Contudo não é isso que está a causar furor, da polémica que está a gerar uma discussão acesa. O problema é mesmo o rabo da Mulher-Aranha…

Isto não é um coração ou uma maçã, isto é um rabo na capa de uma revista de BD.
A constatação do óbvio pela Mary Sue: “Isto não é um coração ou uma maçã, isto é um rabo na capa de uma revista de BD. “

Convém salientar que ao contrário daquilo que a Mary Sue dá a entender, a Mulher-Aranha não está nua, simplesmente tem vestido o tradicional fato de licra das super-heroínas. E está numa pose que até é tradicional para o Homem-Aranha.

spider-man-spider-woman-comparison

Não é que o Manara seja autor que tenha problemas em desenhar mulher-nuas!

Penthouse Comix 17 Milo Manara Cover
A Mulher-Aranha não é primeira personagem que Manara desenha com o rabo em destaque.

Tendo em conta os trabalhos que Manara tem realizado, esta capa para a Spider-Woman até é muito inocente, e longe de ser a mais explicita, basta ter em atenção as que realizou para a revista Pentahouse Comix, por exemplo. Contudo, quando o assunto é super-heróis o publico parece ser mais sensível!

531667-001_002

Enfim, pelo menos esta polémica sempre proporciona uma boa desculpa para falar do autor italiano e de rabos, obviamente!

Actualização: Devido à dimensão que a polémica gerada por esta capa alternativa, Milo Manara concedeu um entrevista ao site Fumettologica e que está publicada em português aqui no aCalopsia.