O aCalopsia ainda não morreu

Este primeiro trimestre do ano foi caótico a nível pessoal, o que acabou por afectar a actividade do aCalopsia. Não tendo sido possível manter a regularidade que era usual. A curto, médio e, talvez mesmo, a longo prazo o mais natural é que não seja possível manter o site tão regular como desejava.

O aCalopsia apesar de contar com diversas colaborações é, acima de tudo, um projecto pessoal que está dependente quase única e exclusivamente de uma pessoa. A generalidade das colaborações (com algumas excepções) são esporádicas. Para o aCalopsia manter a regularidade que teve durante quase dois seria necessário que se verificassem duas circunstâncias:

  1. Poder remunerar colaboradores.
  2. Ter um grupo de colaboradores alargado.

 

O ideal seria existirem ambos os factores, contudo só um deles já permitira um existência mais regular e consistente do site. Depois existe uma terceira condição que também ajudaria ao trabalho desenvolvido: o colaboração de quem organiza eventos e edita BD em Portugal. Contudo isso nem sempre se verifica.

A falta de divulgação da banda desenhada em Portugal é um problema real, contudo existe quem considere que o que existe já é suficiente. A qualidade da divulgação que existe e má, mas existe quem prefira premiar o mínimo denominador comum, desde que seja um trabalho feito por alguém de “carácter”, ou amigo da casa.

Depois existe o factor Facebook. A malta adora o Facebook e parece considerar que o nível de divulgação que consegue através dessa rede social é suficiente. A “malta” gosta muito de se queixar que não quer trabalhar de borla, contudo adoram ser produtores de conteúdos para o Facebook.

E para terminar, existe o facto de ser difícil encontrar colaboradores, é que a “malta” já anda toda ocupada, tem muitos projectos e pouco tempo.

O aCalopsia não acabou, apesar das dúvidas que eventualmente existam ao diversos hiatos que têm ocorrido. Em princípio agora irá voltar às actualizações regulares, embora seja natural que estas sejam em menor quantidade do que era usual.

Circunstâncias pessoais e outros projectos ditam que a minha disponibilidade para este site seja menor. Os moldes em que o aCalopsia irá funcionar ainda não estão completamente decididos, é algo que irá depender também dos colaboradores. Como tinha já mencionado anteriormente as portas do aCalopsia abertas a quem quiser colaborar.

Entretanto apesar de o aCalopsia não ter terminado, é natural que no futuro se afaste um pouco modelo de site de informação generalista. Esse modelo que tentei implementar requer demasiado trabalho e esforço, e não é compatível com um projecto pro bono, em particular quando o principal responsável nem sequer tem aspirações de ser divulgador ou jornalista. Para o aCalopsia ser um site regular e sem colaborações não-remuneradas necessitaria de várias colaborações regulares, de pessoas disponíveis para colaborarem com regularidade com textos noticiosos. Algo que de momento não existe. Por esse motivo, o modelo que irá existir no futuro deverá ser um pouco diferente.

Sobre as questões da divulgação falarei em mais detalhe quando existir tempo ou considere oportuno. Por agora a prioridade é terminar e publicar alguns textos que têm estado pendentes.

Tags from the story
,
Written By
More from Bruno Campos

Sérgio Godinho vira herói de BD em O Elixir da Eterna Juventude

O jornal Público estreia-se na co-edição de BD inédita de autores portugueses...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *