Nomeados para os Prémios Nacionais de Banda Desenhada AmadoraBD 2017

Já é conhecida a lista dos nomeados para os Prémios Nacionais de Banda Desenhada.

Este concurso, que decorre no âmbito do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora é, desde 1990, atribuído pela a Câmara Municipal da Amadora e tem por objetivo distinguir os melhores trabalhos de Banda Desenhada realizados ao longo do ano.

Em homenagem a António Cardoso Lopes Júnior, diretor do Mosquito e de outras publicações de renome, os troféus atribuídos no concurso PNBD têm o nome de duas personagens do autor Zé Pacóvio e Grilinho e contemplam 10 categorias distintas: melhor álbum português, melhor argumento para álbum português, melhor desenho para álbum português, melhor álbum de autor português em língua estrangeira, melhor álbum estrangeiro, melhor álbum de tiras humorísticas, melhor ilustrador português de livro infantil, melhor ilustrador estrangeiro de livro infantil, prémio clássicos da 9ª arte, melhor fanzine.

O Júri composto por Nelson Dona (diretor do Festival), Pedro Moura, Sandy Gageiro, Nuno Saraiva e Leonel Santos nomeou hoje os 5 melhores por categoria.

A lista dos vencedores será divulgada publicamente durante a Cerimónia de Entrega dos Prémios do 28º AmadoraBD – Festival Internacional de Banda Desenhada, no sábado dia 4 de novembro às 19h.

PNBD – Melhor Álbum Português

  • Bruma de Amanda Baeza (ed. Chili Com Carne)
  • Cemitério dos Sonhos de Miguel Peres et. al. (ed. Bicho Carpinteiro)
  • Deserto /Nuvem de Francisco Sousa Lobo (ed. Chili Com Carne)
  • Lugar Maldito de André Oliveira e João Sequeira (ed. Polvo)
  • No caderno da tangerina de Rita Alfaiate (ed. Escorpião Azul)

PNBD– Melhor Argumento para Álbum Português

  • Alvaro, Conversas com putos (ed. Polvo)
  • Amando Baeza, Bruma (ed. Chili com Carne)
  • André Oliveira, Lugar Maldito (ed. Polvo)
  • Francisco Sousa Lobo, Deserto /Nuvem (ed. Chili com Carne)
  • Rita Alfaiate, No caderno da tangerina (ed. Escorpião Azul)

PNBD – Melhor Desenho para Álbum Português

  • Amando Baeza, Bruma (ed. Chili com Carne)
  • Filipe Andrade, Cidades – The Lisbon Studio series – 1 (ed. Comic Heart/ G. Floy)
  • Francisco Sousa Lobo, Deserto /Nuvem (ed. Chili com Carne)
  • João Sequeira, Lugar Maldito (ed. Polvo)
  • Jorge Coelho, Thrills & Spills (ed. Mundo Fantasma)

PNBD – melhor álbum de autor português em língua estrangeira

  • It’s no longer I that liveth de Francisco Sousa Lobo (ed. Chili com Carne / Mundo Fantasma)
  • Trump card de Rudolfo (ed. Chili com Carne / Ruru Comix)

PNBD – melhor álbum de autor estrangeiro

  • O Astrágalo de Anne-Croline Pandolfo / Terkel Risbjerg (ed. G. Floy)
  • A casa de Paco Roca (ed. Levoir)
  • Os ignorantes de Étienne Davodeau (ed. Levoir)
  • O incrivel mundo de gumball 2 de AA.VV (ed. Devir)
  • Nimona de Noelle Stevenson (ed. Saída de Emergencia)
  • Parker de Darwyn Cooke (ed. Devir)
  • Simplesmente Samuel de Tommi Musturi (ed. Mmmnnnrrrg)

PNBD – Melhor Álbum de Tiras Humorísticas

  • Conversas com os putos de Álvaro (ed. Polvo)
  • Cyanide and happiness: Zoo da Porrada de Kis, Rob, Matte & Dave (ed. Devir)
  • A demanda do G de Geral e Derradé (ed. Polvo)
  • O mundo de Garfield (1978-1983) de Jim Davis (ed. Verbo/Babel)

PNBD– Melhor Ilustrador Português de Livro Infantil

  • Filipe Abranches, Alexandre Serpa Pinto o sonhador da África perdida (ed. Imprensa Nacional Casa da Moeda e Pato Lógico)
  • Jaime Ferraz, Máquina (ed. Pato Lógico)
  • Madalena Moniz, Sílvio, guardador de ventos (ed. Caminho / Leya)
  • Tiago Albuquerque e Nadia Albuquerque, Sou o lince-ibérico ( Imprensa Nacional Casa da Moeda)
  • Yara Kono, Batata chaca chaca ( Planeta Tangerina)

PNBD – Melhor Ilustrador Estrangeiro de Livro Infantil

  • Cynthia Alonso, Aquário (ed. Orfeu Negro)
  • Joan Negrescolor, A cidade dos animais (ed. Orfeu Negro)
  • Jimmy Liao, Noite estrelada (ed. Kalandraka)
  • Manuel Marson, Madrid – A minha cidade (ed. Pato Lógico)
  • Michael Lablonde/ Frederique Bertrand, O museu em pijamarama (ed. Kalandraka)

PNBD – Prémio Clássicos da 9ª arte (edição original há mais de 10 anos)

  • Fax de Sarajevo de Joe Kubert (ed. Levoir)
  • Fogos e murmúrios de Mattotti e Kramsky (ed. Levoir)
  • O homem que passeia de Jiro Taniguchi (ed. Devir)
  • Miracleman edição integral de Alan Moore et. al. (ed. G. Floy)
  • O rei macaco de Milo Manara e Silverio Pisu (ed. Arte de Autor)
  • Ronin de Frank Miller (ed. Levoir)
  • Sandman (coleção) de Neil Gaiman (ed. Levoir)

PNBD – Melhor Fanzine

  • Caçadores de Luis Guerreiro (ed. de autor)
  • Freak scene 3 de André Pereira (ed. Clube do Inferno)
  • H-alt #5 de vários autores (ed. H-alt)
  • Sensui de Dois Vês (ed. Sapata Press)
  • Violência electro-doméstica de Xavier Almeida e Pato Bravo (ed. de autor)

Nota do editor: É provável que exista algumas gralhas nesta listagem, eu já corrigi mais de meia dúzia mas pode ter escapado alguma. O álbum da série Parker que está nomeado é, aparentemente, O Golpe.

Tags from the story
, ,
Written By
More from aCalopsia

Os Vingadores Vol. 09

Um dos maiores do Universo Marvel vai atingir neste volume o seu...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *