O Mundo de Garfield, 1978 – 1983

Publicado pela primeira vez em 1978, Garfield irá celebrar em 2018, 40 anos de publicação!

Quem não conhece Garfield, esse gato redondinho (nunca lhe chamem gordo!) e cor de laranja que nasceu na cozinha de um restaurante italiano? Preguiçoso e guloso, adora comida italiana (e não só!), não perde uma boa sesta, odeia as segundas-feiras, é avesso a passas e a dietas, tem nojo de caçar ratos, detesta despertadores e, sobretudo, tem um constante e adiado ajuste de contas (e de peso) com a balança. O Mundo de Garfield, 1978 – 1983, para além de coligir num único volume, a preto e branco e por sequência cronológica, as tiras originalmente publicadas durante os primeiros cinco anos e meio da vida de Garfield, conta ainda com artigos que permitem ao leitor acompanhar o percurso de um gato sarcástico e preguiçoso, cujo sucesso é indesmentível.

Garfield é uma série da autoria de Jim Davis, autor que nasceu em 1945, em Marion, Indiana, no seio de numa família de agricultores. Frequentou a Fairmount High School, que concluiu em 1962, e mudou-se para a “grande cidade” para frequentar o curso de Art and Business da Ball State University. Começou por trabalhar para uma agência de publicidade e, mais tarde, foi assistente do cartunista Tom Ryan, criador da tira humorística Tumbleweeds. Foi nessa altura que criou a tira Gnorm Gnat. Quando um dia Jim Davis foi ao United Feature Syndicate, a tira foi recusada porque, afinal, “Quem é que se afeiçoa a um inseto?”. Foi assim que criou um gato gorducho a que pôs o nome de Garfield, em homenagem ao seu avô, James Garfield Davis. A publicação da tira verificou-se pela primeira vez a 19 de junho de 1978 em 41 jornais dos Estados Unidos, incluindo Boston, Dallas e Chicago.

O Mundo de Garfield, 1978 – 1983 é um álbum de 600 páginas editado pela Verbo.
O Mundo de Garfield, 1978 – 1983

O Mundo de Garfield, 1978 – 1983

Tags from the story
, ,
Written By
More from aCalopsia

Outcast Volume 3: Uma Pequena Luz

Toda a vida, Kyle Barnes foi perseguido por influências demoníacas, e, para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *