Marta Teives e Nuno Saraiva vencem Bolsa de Criação Literária

Fomos ler os Positivos pela polémica e descobrimos a notícia.

As Bolsas de Criação Literária voltaram a contemplar a Banda Desenhada e ninguém nos avisou? Isso não é bonito malta!

Passamos pelos Positivos para ver o que tinham a dizer sobre o Desprestígio da Amadora, e encontramos a notícia de que Marta Teives (The Lisbon Studio Series)  e Nuno Saraiva (Tudo Isto é Fado!) tinham sido os vencedores destas bolsas.

As Bolsas de Criação Literária são atribuídas pelo Ministério da Cultura e existiram previamente entre 1999 e 2002, altura em que foram suspensas, tendo o anúncio do seu regresso sido feito em Abril deste ano.

Segundo nos conta o Lino, “o concurso foi aberto em Julho último, após publicação no Diário da República. As bolsas anuais têm, cada uma, o valor de 15.000 euros, e as semestrais, 7.500 euros. Marta Teives (Marta de Sousa Teives Henriques, como informa a notícia oficial) está incluída nas bolsas anuais, e Nuno Saraiva nas semestrais.”

Agora vão lá ler Os Positivos e os seus comentários sobre a crítica, para além do comentário à situação corrente também será possível encontrarem uns artigos sobre Pedro Moura e Sara Figueiredo Costa, duas das personalidades de destaque este ano. Sobre eles falarei mais em breve, mas agora tenho de ir malhar “agência de comunicação” do AmadoraBD.

A ilustração deste artigo é da autoria de Marta Teives cujo trabalho podem visitar em teives.com.

Written By
More from Bruno Campos

Um pequeno balanço de 2017

Terminou um ano que foi pelo menos, aparentemente, um bom ano para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *