Mafalda: 50 anos de contestação

Mafalda, a célebre contestatária, celebra hoje o seu 50º aniversário.

Foi em 29 de Setembro de 1964 que no semanário Primera Plana, na Argentina, surgiu pela primeira vez uma desconhecida personagem de nome Mafalda, assinada pelo cartoonista argentino Quino (Joaquín S. Lavado). Desde a sua primeira publicação, e até 9 de Março de 1965, apareceram neste jornal duas tiras semanais de Mafalda, as quais tiveram um extraordinário impacto junto dos leitores: ao fim de poucas semanas a esmagadora maioria torna-se verdadeiramente aficionada. Nesta primeira fase de vida da tira só Mafalda e os seus pais se encontram presentes, até que, a 19 de Janeiro de 1965, Filipe faz a sua primeira aparição.

Imprensa1

Em Março de 1965, Mafalda “muda-se” do Primera Plana para o El Mundo de Buenos Aires, onde começou a surgir diariamente. As personagens Manelito e Susanita foram publicadas pela primeira vez neste jornal. Em Dezembro de 1967, altura em que a mãe de Mafalda estava grávida, o jornal El Mundo encerra portas, pelo que Gui, o irmão de Mafalda, nunca virá a surgir neste meio.

Imprensa2

A publicação de Mafalda recomeçou então seis meses mais tarde, em Junho de 1968, no Siete Días Illustrados, onde permaneceu até Junho de 1973, ano em que Quino decidiu pôr fim à publicação das tiras da sua mais célebre personagem. A partir dessa data Quino desenhou Mafalda muito poucas vezes, e fê-lo sobretudo para promover campanhas sobre os Direitos Humanos (como aconteceu em 1976 quando ilustrou a Declaração Universal dos Direitos da Criança).

Imprensa3

Os anos 70 marcam a internacionalização da personagem com publicações por toda a Europa e no resto do Mundo. Portugal não fugiu à regra e em Maio de 1970 a então Publicações Don Quixote edita, ainda em pequeno formato, o primeiro álbum de Mafalda. Actualmente os livros de Mafalda são editados em 50 países, num total de 20 línguas.

mafalda

Assinalando os 50 anos de Mafalda, a Verbo reedita em Portugal todas as suas tiras numa nova edição cartonada que, para além de beneficiar de uma capa inédita, conta ainda com artigos de opinião e diversa informação que, guiando o leitor, o ajudam a contextualizar a personagem e os gags nos acontecimentos históricos que a Argentina e o Mundo vivenciaram entre 1964 e 1973.

“Toda a Mafalda” irá estar à venda a partir de finais de Outubro de 2014.

Written By
More from aCalopsia

Outcast Volume 3: Uma Pequena Luz

Toda a vida, Kyle Barnes foi perseguido por influências demoníacas, e, para...
Read More

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *