Lançamento | Butterfly Chronicles de João Mascarenhas

Butterfly_IMG1João Mascarenhas é o autor dos álbuns do Menino Triste, o seu mais recente trabalho chama-se Butterfly Chronicles e tem a particularidade de estar a ser editado em fascículos em formato digital.

A primeira das dez crónicas  da série já pode ser descarregada gratuitamente no site da editora Qual Albatroz, as próximas crónicas já serão pagas, contudo ainda não está o preço que irão ter. A Qual Albatroz, a editora, pretende que sejam o mais baratas possíveis, mas ao mesmo tempo que seja um preço justo para o autor e editora.

A periodicidade de Butterfly Chronicles deverá ser bimestral, próximos capítulos também vão ser maiores com mais de 20 páginas. Ao todo no final Butterfly Chronicles deverá ser um obra com cerca de 200 páginas.

Actualmente a série só está disponível no formato PDF e MOBI (para o Kindle da Amazon), mas em breve a Qual Albatroz vai publicar o e-book em formato e-pub, para cobrir todo o leque possível de e-book readers. As crónicas serão também editadas em Japonês e em Inglês.

Para mais detalhes, fica aqui o press release da editora:

A acção de Butterfly Chronicles passa-se num universo alternativo em que a investigação científica no domínio da robótica e da inteligência artificial estão prestes a entrar numa nova era, e irão alterar o modo como seres humanos e máquinas coexistem.

É no seio deste novo mundo tecnológico que surge Hanako, uma jovem com um poder muito especial e cuja personalidade se começa a desenhar nesta primeira crónica.

Butterfly Chronicles é uma banda desenhada de inspiração manga, estilo que tem conquistado grande popularidade sobretudo graças aos leitores de e-books e tablets de sete polegadas, que se adequam perfeitamente a este formato de banda desenhada.
Como um dos objectivos do autor é mergulhar por completo nesta cultura da BD japonesa, seja no universo e no estilo do desenho, seja nas formas de divulgação, o livro foi pensado, desde o início, como uma edição exclusiva para e-book.

Neste momento, estão disponíveis versões em PDF de alta resolução e em MOBI (o formato do Kindle da Amazon). A Qual Albatroz aprimorou a experiência de leitura para aparelhos Kindle, fazendo uso das novas potencialidades específicas para livros de banda desenhada que só este formato oferece. Se tiver um Kindle, poderá alternar entre a leitura por prancha ou por vinhetas. Em aparelhos de tinta electrónica, a última opção torna a leitura muito mais confortável.

Disponível em: www.qualalbatroz.pt/qualoja

Autor, editor, procrastinador profissional e irresponsável mor.

1 Comment

Deixar uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons