Faleceu Steve Dillon, o co-criador de Preacher

Steve Dillon o co-criador de Preacher, e artista em séries como Justiceiro: Bem Vindo de Volta Frank, faleceu em Nova Iorque.

Warren Ellis foi o portador da má notícia que marca este sábado, ao revelar que o seu colega, o artista Steve Dillon, faleceu. Glyn Dillon, o irmão mais novo de Steve e autor de BD e storyboards para cinema, confirmou o falecimento do seu herói em Nova Iorque, cidade que  amava, com apenas 54 anos.

preacher-dillon

Steve Dillon era um prodígio artístico que começou a trabalhar profissionalmente com 16 anos, idade em que começou a publicar na revista Hulk Weekly publicada pela Marvel UK.

Na década de 80, Dillon trabalhou para as revistas britânicas Warrior, Doctor Who Magazine, e 2000 AD. Em 1988, Dillon foi um dos criadores e editores da revista de BD Deadline. Apesar de ter só durado sete anos anos a Deadline lançou as carreiras de autores como Jamie Hewllet e Phillip Bond, entre outros, e inspirou uma geração de autores britânicos.

Na década de 1990 Dillon começa a trabalhar para o mercado norte-americano com Hellblazer, a série protagonizada por John Constantine e editada pela Vertigo Comics. Foi o ínicio de uma prolífero e aclamada parceria de Dillon com o argumentista Garth Ennis, com que viria a criar em 1995 aquele que seria o seu trabalho mais relevante: Preacher, série que também foi editada pela Vertigo.

Numa entrevista concedida à Entertaimente Weekly Dillon confessou que ao começar a trabalhar em Preacher o seu primeiro pensamento foi que a série iria ser um falhanço completo ou então um número suficiente de pessoas iria compreende-la e transformá-la numa série de culto. Um pensamento que se revelou profético, a série transformou-se num clássico da BD moderna.

Este ano começou a ser exibida nos EUA a adaptação televisiva de Preacher, supervisionada pelo escritor-produtor Sam Catlin (Breaking Bad), Seth Rogen e Evan Golberg. A série é produzida e exibida pelo AMC, o qual é também é responsável pela adaptação de outra série de culto da BD: The Walking Dead de Robert Kirkman.

 

 

Justiceiro
Após terem concluído Preacher Dillon e Ennis redefiniam o Justiceiro para a chancela Marvel Knights com The Punisher: Welcome Back Frank  em 2000 e com a série regular a partir de 2003. Dillon voltaria desenhar o Justiceiro em várias ocasiões, com e sem Ennis, incluindo em títulos como Punisher: War Journal, Punisher vs. Bullseye, Punisher MAX e no relançamento da série Punisher para a All-New Marvel.

Welcome Back Frank foi editado em Portugal pela Devir com o título Bem Vindo de Volta Frank, e o primeiro volume foi recentemente re-editado pela Salvat na coleção de Graphic Novels Marvel da editora. Do trabalho de Ennis e Dillon no Justiceiro está também editado em Portugal Ressureição de Ma Gnucci, na colecção Poderosos Heróis Marvel da Levoir.

tumblr_n0moilfdwc1rhjbado1_1280

A causa da morte de Steve Dillon ainda não é conhecida.

Tags from the story
Written By
More from Bruno Campos

Hora de Aventuras — Volume 4

  Uma “Mano-ventura na masmorra”, onde Jake, o cão, Finn, o humano...
Read More

3 Comments

    • Pode ser que se o Sandman resultar se tenha sorte. É que a única maneira que eu vejo de as séries longas, já concluídas, da Vertigo serem editadas é numa colecção de jornal em que todos os volumes são publicados num curto espaço de tempo.

  • espero mesmo que o sandman resulte para que seja publicado mais obra fenomenais da vertigo mas também seria muito bom ter o run do ennis e do dillon pelo hellblazer em portugues(porque o hellblazer na integra teria de ser publicado em 2 ou 3 coleções dependendo de quantos volumes fossem publicados claro) e quem sabe talvez a g floy ainda venha a lançar o punisher max devido ás publicações da linha max que tem feito (alias e agora o cage) visto que é um dos melhores runs já feitos na historia dos comics na minha opiniao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *