Duke – A Lama e o Sangue

Em 1886, um dos pequenos povoados do Colorado, nos Estados Unidos da América, vê-se atemorizado por sádicos pistoleiros contratados pelo proprietário de uma mina, os quais não têm quaisquer escrúpulos em assassinar todos os que cruzam o seu caminho.

Mas quando as vítimas começam a ser mulheres e crianças, Duke, o ajudante do xerife local, é obrigado a abandonar a sua neutralidade e a revelar que melhor sabe fazer: recorrer às armas.

A Lama e o Sangue é o primeiro volume de Duke, a nova série de Yves H. e Hermann, editada em Portugal pela Arte de Autor.

Hermann Huppen nasceu na Bélgica em Julho de 1938. Depois de ter terminado os estudos  para ser fabricante de móveis, e de ter trabalhado duas semanas nesta profissão, abandona-a para ingressar num gabinete de arquitectura. Paralelamente, e à noite,  Hermann  estuda desenho de arquitectura e de decoração interior na Academia de Belas Artes de St. Gilles (Bruxelas).

Após uma permanência de 3 anos no Canadá, regressa a Bruxelas e casa-se. O acaso dita-lhe como cunhado Philippe Vandooren, futuro director editorial da Dupuis, o qual lhe encomenda uma pequena BD para uma revista de que é responsável. Essa história chama a atenção de Greg, que entra em contacto com o jovem autor e lhe propõe uma experiência de 6 meses no seu estúdio. E é assim que em 1966 Herman começa a ilustrar Bernard Prince, uma série escrita por Greg e que é publicada na revista Tintin. Depois de uma incursão na série Jugurtha (1967), da qual desenha os dois primeiros tomos, Hermann retoma a colaboração com Greg em Comanche, série que surge em Dezembro de 1969.

Em 1977, Hermann sente necessidade de criar a sua própria história e lança-se na sua primeira série a solo: Jeremiah. Entre 1980 e 1983 ilustra Nic, uma série com argumento de Morphée (aliás Philippe Vandooren). Em 1984 iniciou uma série que decorre na Idade Média, As Torres de Bois Maury.

Exigente, curioso e criador incansável, Hermann dedica-se na década de 90 à criação de “one-shots”: Missié Vandisandi (1991), Sarajevo-Tango (1995), Caatinga (1997) ou On a tué Wild Bill (1999).

Em 2000, e com a cumplicidade de Van Hamme,  desenha Lune de Guerre. Depois, com argumentos do filho, Yves H.,  surgem histórias como Liens de Sang,  Le Secret des Hommes-ChiensRodrigoZhong GuoManhattan Beach 1957The Girl From Ipanema… ou Duke.

Hermann, que recebeu várias distinções ao longo da sua carreira, foi em 2016 distinguido com o Grande Prémio do Festival de Banda Desenhada de Angoulême.

Duke – A Lama e o Sangue

Yves H. & Hermann
Arte de Autor
Páginas: 56 cor, cartonado.
ISBN: 978-989-99674-9-6
PVP: 15,00€

Duke Lama e o sangue, hermann, yves h. arte de autor Duke Lama e o sangue, hermann, yves h. arte de autor Duke Lama e o sangue, hermann, yves h. arte de autor Duke Lama e o sangue, hermann, yves h. arte de autor

Tags from the story
, ,
Written By
More from aCalopsia

Os Vingadores Vol. 09

Um dos maiores do Universo Marvel vai atingir neste volume o seu...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *