Derradé sem Geral no Diário Digital

O Diário Digital tem vindo a publicar uma série de entrevistas realizadas por Pedro Justino Alves a autores de BD portugueses, após André Pereira e Penim Loureiro o último foi Derradé, tendo como base o “Há Piores 3 – Até ao Âmago!”

capaHp3O livro foi a 100ª publicação da Polvo, e não foi por acaso. O livro marca também o fim oficial da dupla Geral et Derradé.

“Bubas”: foi uma história que eu tentei escrever a tempo do «Há piores 2 – Ainda mais profundo!», mas que não me saía como eu queria. bem que a deixei amadurecer a tempo do «Há piores 3 – Até ao âmago!». E é uma história bastante invulgar neste formato de tiras; “Geral et Derradé”: porque é oficialmente a despedida da dupla e porque demonstra o génio envergonhado que é o Geral: aquilo são piadas feitas na hora para autógrafos, muitas delas girando à volta do nome de quem pede o autógrafo…

Um fim, que já se tinha começado à algum tempo, desde 2002 – altura em que foi editado o «A 25 Sempre a Abril» (Edições Polvo) – que a dupla é o Derradé com uma colaborações de esporádicas de Geral, em uma tira ou outra e no slimzine “Vini, vidi, Vinte” para comemorar os 20 anos dos BadSummerBoys (em 2009).

Portanto, mais do que o término da colaboração, é mais o oficializar desse mesmo término.
Contudo, como fica implícito na entrevista, o Derradé ainda vai ficar por cá. Afinal, se a HL Comix não o ensinou a ter juízo, o que é que o iria fazer parar?

Written By
More from Bruno Campos

Um pequeno balanço de 2017

Terminou um ano que foi pelo menos, aparentemente, um bom ano para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *