Crowdfunding para o Requiem de Dog Mendonça e Pizzaboy

Crowdfunding é uma maneira do público de um autor poder ser o mecenas de um projecto que de outro modo não se poderia concretizar. Um mecenato que é recompensado das mais variadas maneiras dependente do apoio que o público pode, ou está disposto prestar.

O crowdfunding tem-se revelado uma maneira de os autores contornarem obstáculos de financiamento que alguns projectos enfrentam. Kickstarter, o mais conhecido “intermediário” de crowdfunding, têm-se tornado numa opção recorrente de autores de banda desenhada norte-americanos que pretendem desenvolver projectos fora das grandes editoras.  A opção Kickstarter passou a figurar nas opções dos autores para editarem os seus trabalhos, juntamente com o recurso a editoras tradicionais.

Alguns projectos acabam por começar no Kickstarter e terminar em editoras convencionais. Quando se fala de Kickstarter estamos a falar de crowdfunding, existem outras plataformas que prestam o mesmo serviço: Indiegogo ou PPL.Com.PT, entre outros.

Apesar de o recurso ao crowdfunding nos EUA se ter tornado corriqueiro no meio bedéfilo nacional o seu uso tem sido escasso, o projecto mais “mediático” é “As Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy” é uma trilogia de livros de banda desenhada, escritas por Filipe Melo e ilustradas pelos argentinos Juan Cavia e Santiago Villa.

Este projecto não utiliza a plataforma do Kickstarter mas a plataforma nacional PPL.Com.PT, mas o funcionamento é o mesmo: tudo ou nada!

  1. O promotor estabelece montante mínimo e prazo de angariação
  2. Se a meta proposta for atingida dentro do prazo estabelecido, o promotor recebe os fundos e a plataforma cobra 5% de comissão
  3. Se o montante mínimo não for angariado, o promotor não receberá nada e os fundos serão devolvidos aos apoiantes. A plataforma não cobrará qualquer comissão

Isto significa que o projecto precisa de alcançar o monte mínimo estipulado pelo promotor ou o dinheiro é devolvido aos mecenas.

Livro III

O facto de Filipe Melo,  Juan Cavia e Santiago Villa estarem a recorrer ao crowdfunding, via PPL, para finalizar o terceiro volume da trilogia Dog Mendonça e Pizzaboy é simples: os autores precisam de comer e têm contas para pagar. Como eles indicam na apresentação do projecto:

É muito difícil reunir o investimento necessário para um empreendimento destes – depende de dois anos de trabalho diário e constante da equipa de arte. O guião (já concluído) também demorou cerca de um ano a ser escrito.

Mesmo tendo sendo um relativo sucesso de vendas e de ter ganho alguns prémios importantes de banda desenhada, se os livros tivessem recuperado o que custaram, não estariam a ler estas linhas. Para terminar estas aventuras, precisamos da vossa ajuda!

Para conseguirmos acabar o livro até ao final de 2013, teremos de renunciar a muito trabalho que usamos para poder investir nestes livros (o Filipe é músico, o Juan é cenógrafo e o Santiago é realizador de animação). O montante conseguido será utilizado para desenhar e colorir 105 páginas e fazer a respectiva balonagem.

É para isso que contamos com todos aqueles que têm seguido e apoiado os nossos personagens (e com aqueles que podem querer conhecê-las), para que possamos fazer aquilo que mais gostamos e garantir que o vosso apoio é utilizado sensatamente. Cada tostão que nos derem será traduzido em sangue, suor e lágrimas para vos trazer a melhor das três aventuras.

O nosso objectivo principal é quebrar a velha tradição das trilogias: a terceira parte é sempre uma “m*****”.

Caso o nosso também seja, uma coisa podemos prometer: será o último!

Os leitores do Dog Mendonça e Pizzaboy que queiram ver o álbum concluído até ao fim de 2013, passem pelo PPL para verem as recompensas e o que podem contribuir. Pode ser que sejam daqueles que podem participar com o valor recompensado com um “jantar finório (massa à bolonhesa) em restaurante a designar + Andar de mão dada com um dos 3 criadores do livro (à escolha)”!


O projecto de Dog Mendonça e Pizzaboy alcançou até ao momento 26% do objectivo e o prazo termina a 1/11/2013. Link: http://ppl.com.pt/pt/prj/dog-pizzaboy

Autor, editor, procrastinador profissional e irresponsável mor.

1 Comment

Deixar uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons