Crowdfunding | Cinco Mil Euros para Dog Mendonça e Pizzaboy

Quando ainda faltam 27 dias para o fim do crowdfunding de Dog Mendonça e Pizzaboy, o objectivo já foi amplamente suplantado estando neste momento a 126% do montante solicitado, com um total de 5035€ angariados, com 158 apoiantes, o que dá uma média de 31,87€ por pessoa.

O crowdfunding que tinha como objectivo de o montante angariado ser utilizado para desenhar e colorir as 105 páginas do álbum e fazer a respectiva balonagem. Neste momento, antes de o crowdfunding ter terminado, o álbum já se encontra concluído e fechado devendo ser apresentado no dia 3 de Novembro na Amadora BD.

No passado dia 20 Setembro a equipa criativa anunciou mencionou aos fãs que “cada tostão será usado para tentar fazer algo bonito”tendo no passado dia 27 de Setembro acrescentado que “com o vosso apoio, encheremos o país de cartazes do Dog Mendonça e faremos um segundo trailer.”

Para quem acha que o montante de 4000 euros é um valor elevado para um álbum que tem uma editora portuguesa para custear os custos de impressão, a Tinta da China, assim como uma norte-americana: a Dark Horse, existe um detalhe revelado por Filipe Melo que convém salientar:

Garanto também que o que pedimos [4000€] cobre apenas um terço do valor total de produção de cada volume.

Tendo em conta o facto mencionado anteriormente, de o álbum ter uma editora, creio que será correcto deduzir que o valor de 12,000€ mencionado como valor “de produção de cada volume” seja referente ao que o argumentista, ou a sua produtora, pagam ao artistas.

A campanha de crowdfunding do terceiro volume de Dog Mendonça decorre até dia 1 de Novembro, e continuam disponíveis todas a contrapartidas para apoiantes, excepto a contrapartida de agradecimento no livro, devido ao facto do mesmo ter sido fechado no passado dia 30 de Setembro.

Autor, editor, procrastinador profissional e irresponsável mor.

Deixar uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons