Colecção Alix da Asa e Público

Alix de Jacques Martin

Entre Março e Junho de 2010 a Asa publicou com o jornal Público uma coleção de 16 volumes da série Alix, da autoria de Jaques Martin, com um preço de capa de 4,95€

01. Alix o Intrépido

17-03-2010

Khorsabad, ano 53 A.C. O general Flavius Marsalla entra nesta cidade, onde encontra um sobrevivente, um adolescente que interroga e lhe diz chamar-se Alix. O general Romano é por ele conduzido até ao palácio real onde existe um fabuloso tesouro do qual decide apoderar-se. Entretanto, manda incendiar o palácio com Alix preso a uma coluna. Mas as tropas do general Surena não estão longe…

Alix de Jacques Martin

02. A Esfinge de Ouro

24-03-2010

Alix é enviado por César ao Egipto com o objectivo de descobrir o segredo da misteriosa organização da “Esfinge de Ouro”. Consegue descobrir que o chefe deste grupo se esconde num templo do Alto Nilo, chamado Efaoud, e que está na posse de uma grande fortuna e de uma arma terrível e desconhecida. É nesta missão que Alix conhece Enak, que virá a ser o seu fiel companheiro de aventuras.

Alix de Jacques Martin

03. A Ilha Maldita

31-03-2010

Mais uma vez, César encarrega o jovem Alix de uma nova missão: ir para Cartago descobrir o paradeiro de um conhecido sábio que desapareceu misteriosamente. Este homem está na posse de diversas invenções que podem destruir Roma. Alix chega assim a uma ilha, onde vítimas humanas são oferecidas ao deus Moloch. Mas é Arbacés quem controla este grupo criminoso….

Alix de Jacques Martin

04. A Tiara de Oribal

07-04-2010

Alix e Enak escoltam Oribal, um jovem monarca de um reino do extremo oriente. Após a morte de seu pai, quando ainda era uma criança, viveu no exílio. Mas agora, em idade de poder reinar, quer assumir o trono. Transporta, entre outros tesouros, a tiara da dinastia, símbolo do poder real, a qual, durante a viagem, acaba por ser roubada. Será que Alix e os seus amigos a vão conseguir recuperar? E, afinal, quem são os conspiradores?

Alix de Jacques Martin

05. Garra Negra

14-04-2010

Em Pompeia a magnífica, muitos notáveis são vítimas de um misterioso agressor, que lhes poupa a vida, mas os deixa completamente paralisados. De visita a um primo, Alix descobre que este e um tal Gallas serão as próximas vítimas.

Encontram a arma do crime, uma garra negra, acompanhada de uma mensagem dos agressores. Liderados pelo poderoso mago feiticeiro Rafa, afirmam agir para vingar Ícara.

Gallas confessa então um terrível crime que lhe pesa na consciência: trinta anos antes, quando comandava duas legiões perto de Cartago, ele e outros oficiais mandaram massacrar sem piedade toda a população de uma cidade, com base em suspeitas e antes de se aperceberem do seu erro. Mas, em vez de castigar os generais, Roma tirou proveito do terrível incidente.

Perturbado com este relato e com uma nova tentativa de crime, Alix fere inadvertidamente um rapazinho, deixando-o paralisado. Para tentar remediar o que fez, a única solução é partir para uma perigosa expedição em África.

Alix de Jacques Martin

06. As Legiões Perdidas

21-04-2010

Numa noite abafada e tempestuosa, Alix está no terraço do seu apartamento em Roma, quando vê um homem perseguido por soldados que tenta chegar perto dele e lhe pede socorro. Mas, antes que Alix possa fazer alguma coisa, o fugitivo é capturado. Alix faz tudo para tentar encontrá-lo. Assim, fica a saber que Pompeu roubou a espada de Brennus, símbolo de união para os povos gauleses, para reunir, com a ajuda dos germanos, um exército capaz de dizimar as forças de César estacionadas longe da sua base no norte da Gália.

Com Agérix, o fugitivo que entretanto conseguiu libertar, Alix atravessa os Alpes para avisar o amigo. Com ele, partem duas legiões. Perante os muitos obstáculos da viagem, quem sabe o que espera estes homens corajosos e estas legiões perdidas?

Alix de Jacques Martin

07. O Último Espartano

28-04-2010

Alix parte para a Grécia, onde é esperado pelo governador Horatius. Mas o navio é apanhado por uma violenta tempestade e náufraga. Separado dos seus companheiros, Alix fica estupefacto ao descobrir que provocadores de naufrágios capturam as tripulações, para as vender como mão-de-obra escrava. Sozinho, só pode seguir de longe os homens armados que levam Enak e o grupo de marinheiros.

Depois de vários dias de caminhada no coração da floresta, surge uma imponente fortaleza escondida, na qual se refugiam os últimos espartanos. Estes corajosos guerreiros querem reconquistar a Grécia.

Alix é capturado, e a sua vida só é poupada porque a rainha Adréa lhe admira a coragem. A soberana oferece-lhe o cargo de preceptor do seu filho Heráklion. Mas Alix está preocupado com o destino de Enak e dos outros escravos

Alix de Jacques Martin

08. O Túmulo Etrusco

05-05-2010

Aproveitando-se da guerra civil que opõe as forças de Pompeu às de César, uma seita devasta as regiões rurais romanas. César ordenou ao seu sobrinho Octávio que fosse buscar a irmã, Lídia, para a trazer de volta para Roma, escoltado por Alix e Enak.

No caminho, os jovens têm um estranho presságio, no qual Júpiter parece designar Octávio como seu protegido. Chegam a uma quinta saqueada, na qual descobrem horrorizados os restos de um sacrifício humano.

Uma outra quinta é saqueada, e Alix intervém para escorraçar os fanáticos que queriam imolar crianças ao seu deus Moloch-Baal. Mas os “moloquistas” continuam a aterrorizar a região e, quando atacam a família de Octávio, Alix decide enfrentar o seu chefe no seu refúgio, um antigo túmulo etrusco.

Alix de Jacques Martin

09. O Deus Selvagem

12-05-2010

Uma carta de Horatius convida Alix e Enak para irem a Apolónia, a magnífica cidade dedicada ao deus da beleza. Os melhores arquitectos e artistas foram incumbidos de erguer uma cidade destinada aos antigos legionários.

O general insiste: Heráklion deve acompanhá-los. Mas quando os três jovens desembarcam na costa africana, Horatius não está na cidade em construção. A missiva era falsa, e os rapazes vão ter de esperar muito tempo para regressar a Roma.

Embora irritado com aquilo que mais parece uma armadilha, Alix não consegue deixar de ficar fascinado com aquela região da África e interessa-se pelo destino do povo cireneu, subjugado desde a chegada dos romanos. No entanto, a cidade está em polvorosa, pois acabam de descobrir uma estátua de Apolo que faz curas milagrosas. Mas, enquanto instalam o deus selvagem no grande templo, Heráklion desaparece.

Alix de Jacques Martin

10. Iorix, O Grande

19-05-2010

Para Roma, a derrota de Crasso por Surena, o general parto, foi um choque inesperado. Foi nessa época que começaram as aventuras a Alix. Mas o poderoso império continua com um problema complicado por resolver.

Durante a debandada das legiões, uma cavalaria de mercenários gauleses liderados por chefes romanizados, Hortalus e Iorus, cobriu-se de glória, ainda que não tenha conseguido evitar a derrota.

Os partos serão magnânimos para com o inimigo vencido, se estes temíveis cavaleiros abandonarem a região; Roma também não quer por perto estas tropas, símbolo de humilhação mas também potencialmente perigosas. Fica então acordado que os gauleses regressarão a casa, recebendo dos partos um autêntico pequeno tesouro. Falta apenas encontrar alguém para os levar de volta à Gália: um homem suficientemente gaulês para os conduzir e suficientemente romano para os disciplinar e tranquilizar o império.

Naturalmente, Alix é o eleito. Mas, no caminho de regresso, muitos são os perigos que espreitam o pequeno exército: o tesouro suscita cobiça e traições, a inactividade pesa sobre os combatentes e, para passarem longe de Roma, têm de aproximar-se dos territórios bárbaros. No entanto, é entre os mercenários que Alix irá encontrar o mais temível inimigo: de cabeça perdida após uma série de provações, Iorix, o grande está decidido a reconquistar a Gália.

Alix de Jacques Martin

11. O Espectro de Cartago

26-05-2010

 

Em Cartago, alguns extremistas voltam a desafiar o poder de Roma, a ponto de o tribuno Corus Maler ser obrigado a retirar as suas tropas das fronteiras para procurarem um grupo de homens escondidos nas ruínas de um antigo palácio púnico. À noite, estes desafiam a guarnição, transportando entre as ruínas um material luminoso cujo segredo é ciosamente guardado. Estas aparições começaram depois da chegada de Alix à cidade. O jovem é alvo de vários atentados. Mas o espectro de Cartago parece ser inatingível.

Alix de Jacques Martin

12. O Deus Vulcão

02-06-2010

Depois de um motim a bordo do navio no qual viajavam, Alix e Enak são abandonados numa costa estrangeira, com alguns mantimentos e armas. Resignados a ficar ali por muito tempo, os dois rapazes decidem construir uma jangada, mas o seu moral está muito em baixo.

Uma noite, acordam com gritos de terror e vêem luzes ao longe. Uma jovem indígena assustada refugia-se junto deles. Chama-se Malua e fala um pouco de fenício. Conta que os adolescentes da sua aldeia são vítimas do deus vulcão e imolados em sacrifício para evitarem erupções.

Apesar do seu afecto pela rapariga, Alix quer tentar que ela volte para junto do seu povo e chamá-los à razão… Mas não tarda a descobrir que aquele costume atroz serve interesses humanos.

Alix de Jacques Martin

13. Herkios, o Jovem Grego

09-06-2010

Capturados por fenícios, Alix e Enak são vendidos como escravos no mercado de Atenas. Quem os compra é Numa Sadulus, um cidadão romano. Depois de os maltratar em público, mostra-se generoso e oferece-lhes a liberdade em troca de uma delicada missão. O senado de Roma recebeu uma mensagem a avisar que a Protoneion, a célebre fábrica de cerâmica de Atenas, esconde um importante segredo.

Os falsos escravos têm de fingir aprender o ofício de oleiro para investigarem discretamente e travarem amizade com Herkios, o rapaz grego herdeiro da fábrica. Mas terão de enfrentar a desconfiança do seu tutor, Hykarion, um Meteco astuto e ganancioso, que não esconde a sua intenção de se apoderar da Protoneion para a deixar em herança ao seu próprio filho, o estranho Archelous.

Alix de Jacques Martin

14. A Torre de Babel

16-06-2010

Alix e Enak vão a Jerusalém, onde são esperados por Hiram Khal, um enviado de Oribal. Inexperiente e mal aconselhado, o jovem monarca cometeu erros graves, e o seu povo está a revoltar-se. Em Zur-Bakal, a capital, o prestígio de Alix mantém-se, e Oribal, cuja vida corre perigo, decide apelar à antiga amizade que o une a Alix.

Os três homens juntam-se a uma caravana, na qual a sua presença é mal tolerada, sobretudo depois de socorrerem Marah, uma jovem feiticeira. A viagem será longa e perigosa até à torre de babel, na babilónia, talvez a primeira etapa para chegar a Zur-Bakal.

Alix de Jacques Martin

15. Vercingétorix

23-06-2010

Em casa de um senador amigo do seu pai, Alix fica surpreendido por lá encontrar Numa Sadulus acompanhado de Pompeu e de um homem novo e voluntarioso. Pompeu explica que mandou libertar o homem, prisioneiro na Mamertina, que não é outro senão o próprio Vercingétorix. Se não puder exibir o chefe vencido, César não pode reclamar o triunfo da conquista da Gália.

Pompeu não tem grande dificuldade em convencer Alix a escoltar Vercingétorix até à sua terra natal. Mas, depois de atravessarem os Alpes, os fugitivos sabem que serão implacavelmente perseguidos pelas legiões de César.

Alix de Jacques Martin

16. O Cavalo de Tróia

30-06-2010

Horatius, o general que derrotou a rainha Adréa, decidiu adoptar o filho dela, Heráklion. Convida Alix, Enak e o seu jovem protegido a irem ter com ele à Grécia, a Ílion, a antiga cidade de Tróia. Mas isto contraria os planos de Hermia, uma megera decidida a obrigar o seu cunhado Horatius a casar com a sua filha Dafne. Não pode haver outro potencial herdeiro. Hermia pede ajuda aos descendentes dos guerreiros da lendária cidade vencida por Aquiles e os seus compatriotas. Se eles conseguirem afastar Heráklion, ela abrir-lhes-á as portas do templo onde está guardado um símbolo, o cavalo de Tróia.

Alix de Jacques Martin

Tags from the story
, , , ,
Written By
More from aCalopsia

Curso de BD no Museu Bordalo

Formação por Penim Loureiro e Susana Resende de  11 Nov. 2017 a...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *