Os planos da DC Comics para o cinema

Numa altura em que se vão desvendando as novidades sobre o novo Batman vs. Superman – Dawn of Justice League, rumores apontam que o homem-morcego interpretado por Ben Affleck pode vir a ter, em 2019, um filme em nome próprio.

Apesar de a DC Comics pertencer à Warner Bros., o estúdio nunca apostou muito no vasto catálogo da editora (com a excepção de Batman e Super-Homem, fazendo com que o eterno rival da DC – a Marvel Comics – tenha construído um vasto portefólio de sucessos de bilheteira baseados nas suas personagens nos últimos anos. Enquanto os filmes baseados nos personagens da DC têm sido parcos e com pouco sucesso, com excepção do duo que dá o título ao próximo filme e que parece ser o inicio de uma aposta mais consistente no vasto universo da DC.

O filme de Batman – a solo – poderá juntar-se a uma lista crescente de títulos em que a Warner Bros. começa, finalmente, a aproveitar o vasto catálogo da DC Comics que se prevê chegar aos grandes ecrãs nos próximos anos.

Consta que Batman vs. Superman – Dawn of Justice parece servir para introduzir novas personagens no cinema, como Aquaman (aponta-se Jason “Khal Drogo” Momoa para o papel), que depois poderão vir a participar em filmes a solo ou no aguardado filme da Liga da Justiça, já confirmado pela cinematográfica.

Uma das personagens que vai estrear-se em Dawn of Justice é Mulher Maravilha (Wonder Woman), interpretada por Gal Gadot, que deverá transitar posteriormente para um filme a solo.

Segundo o site JoBlo, a versão cinematográfica da icónica personagem irá usar saia e corpete numa versão alternativa do fato a que a heroína nos habituou. Já o website de Nikki Finke afirma que as participações se podem estender a Cyborg, Flash e Lanterna Verde (que não será interpretado por Ryan Reynolds, como os rumores pareciam sugerir).

E se a Warner foi deixando várias pistas– que só deverão ser oficialmente confirmadas durante a Comic Con de San Diego – o The Wall Street Journal avança que o estúdio e a DC planeiam produzir pelo menos mais nove filmes. Quantidade não é propriamente qualidade, mas tendo em conta a avalanche de filmes de super-heróis, a probabilidade de algum ser uma verdadeira obra prima é grande, principalmente tendo em conta que Zack Snyder irá realizar, para além de Batman vs. Superman, o filme da Liga da Justiça

Recapitulando, confirmado para Maio de 2016 está Batman vs. Superman e para Julho do mesmo ano, está em fase de desenvolvimento Shazam, o nome pelo qual é conhecido nos Novos 52 o Capitão Marvel criado por CC Beck (não confundir com o homónimo da Marvel Comics). Ainda para 2016, próximo do Natal, espera-se Sandman, baseado na série de sucesso, quer na crítica, quer nas vendas, de Neil Gaiman e publicada sob a chancela Vertigo.

No ano seguinte, chega-nos o aguardado Liga da Justiça, de Snyder, que contará, para além de Momoa, Affleck e Gadot, com Henry Cavill no papel de Super Homem. Aproveitando o balanço, Gal Gadot continuará o seu papel de Diana/Mulher Maravilha em Julho. Para a época natalícia, Flash e Lanterna Verde juntam-se, numa produção que ainda tem pouca informação para dar.
2018 será, de acordo com Finke, o ano do regresso de Cavill ao papel de Clark Kent em homem de Aço 2 e, como citado acima, em 2019, é a vez de Affleck voltar a interpretar Batman a solo e talvez sentar-se na cadeira de realizador do filme. De sublinhar que, excepto Batman vs Superman, que está em filmagens, e Liga da Justiça, que foi anunciado, todos os outros títulos se baseiam em mera especulação e fontes bem colocadas do Wall Street Journal e da jornalista Nikki Finke. Resta-nos, portanto, cruzar os dedos até à Comic Con de San Diego.

Licenciada em jornalismo, passou pelo I, gosta de escrever em blogues e não gosta de escrever sobre si. Entre os seus muitos interesses destacam-se campos tão vastos como a cultura gamer, literatura e aviação.

1 Comment

Deixar uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons