Armandinho: Dois, de Alexandre Beck

Armandinho: Dois usa os desenhos simples mas eficazes do autor brasileiro Alexandre Beck para nos mostrar o dia-a-dia de Armandinho, um menino de cabelo azul, rebelde e refilão mas muito ternurento.

Armandinho: Dois  usa os desenhos simples mas eficazes do autor brasileiro Alexandre Beck para nos mostrar o dia-a-dia de Armandinho, um menino de cabelo azul, rebelde e refilão mas muito ternurento.

Autêntico fenómeno no Facebook, com mais de  de 750 mil seguidores na sua página oficial, Armandinho surgiu no jornal Diário Catarinense, quando foram solicitadas a Alexandre três tiras para um artigo sobre economia, onde os pais conversavam com as crianças.

Por questões de tempo e pelo desejo do autor de expor a essência da pessoa, não a cor, tamanho ou aparência, Beck acabou por desenhar apenas as pernas dos adultos, mantendo o foco na criança e no seu mundo, algo que torna este personagem diferente de todos as outros do género.

Após a edição de de Armandinho: Zero e Armandinho: Um o ano passado, Armandinho: Dois, a Castor de Papel volta a apostar no personagem com este terceiro volume que é Dois de nome. O álbum reúne uma colecção de tiras cómicas originalmente publicadas no Diário Catarinense, dos últimos dias de 2011 até ao último trimestre de 2012, muitas delas retiradas directamente da vida do cartoonista e abordando temas regionais, do Estado de Santa Catarina.

Quem folheia as páginas do livro,  impresso inteiramente em papel reciclado, à procura de risos não ficará desiludido com a traquinice do protagonista, evidente em tiradas como:

“Os meus pais também se casaram por interesse! Ele interessado nela…ela interessada nele…”

Ou

“Vocês adultos preocupam-se muito com o futuro! Deviam preocupar-se mais com o presente! Principalmente com o presente que me vão comprar!”

E quem procura por algo mais pode encontrá-lo a espaços em reflexões profundas e surpreendentemente acutilantes como:

“Não sei o porquê de tanto interesse nas olimpíadas…um a querer ser melhor que o outro! Vocês adultos já fazem isso o tempo todo!”

Ou

Independentemente de qualquer coisa…devemos tratar bem os outros! Até porque nós somos “os outros” dos outros…”

Com a ajuda dos pais, dos seus amigos e do seu sapo de estimação, o Armandinho de Beck, através do seu olhar de criança, inocente mas perspicaz, oferece-nos não só uma visão única e bem diferente do mundo em que vivemos, como também muitas e muitas gargalhadas.

More from André Mateus

Naruto vol. 10 de Masashi Kishimoto

“Naruto” é um mangá japonês escrito e ilustrado por Masashi Kishimoto, sobre...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *