A Morta vai às Caldas!

A Morta, que é bastarda da Laica, vai este fim-de-semana até às Caldas, talvez para fugir do Anicomics que ser realiza também dia 12 e 13 de Abril de 2014.

O evento (até agora lisboeta) promete levar até às Caldas da Rainha “um catálogo de zines, publicações alternativas e materiais de editoras independentes de todas as espécies”. Como tem sido habitual também vão haver bancas com discos; cassetes; serigrafias; objectos artísticos e exposições. Para além de concertos de música ao vivo, dj sets e vídeo-arte.

morta nas caldasA feira vai realizar-se no Museu Bernardo, nas Caldas da Rainha, um espaço “que também compartilha o ideal de defesa e divulgação da arte contemporânea”.

Eu sei que o Anicomics e a Feira Morta (teoricamente) não se destinam ao mesmo público alvo e, até se vão realizar em duas cidades distintas! Contudo, mete-me alguma confusão a sobreposição de eventos que têm (teoricamente) nos seus objectivos a promoção de autores (e pequenos editores) nacionais. O público ao ter de optar por dois eventos fica beneficiado na carteira, caso planeasse ir aos dois, já os autores (e editores) ao terem de optar por um dos eventos ficam sem uma opção para vender os seus trabalhos.

Se na teoria, o Anicomics e a Feira Morta tem públicos distintos a verdade é que têm autores (e editores) que marcam presença em ambos e podem beneficiar de ambos. Veja-se (por exemplo) o caso de André Pereira – o autor do cartaz da Feira Morta – que estará presentes no Anicomics, assim como os restantes autores do QCDA, a promover uma edição da Chili Com Carne.

Autor, editor, procrastinador profissional e irresponsável mor.

Deixar uma resposta

Show Buttons
Hide Buttons