30 Dias, 30 artistas: Tânia Cardoso

Tânia A. Cardoso (Lisboa, 1985) é Mestre em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem como passatempo favorito desenhar nas ruas da cidade e contar as suas histórias. Os seus primeiros passos na Banda Desenhada começaram no 1º ano da Faculdade de Arquitectura de Lisboa por influência dos Professores que lhe transmitiram a importância do meio para a criação de imaginários urbanos. A partir daqui foi apenas um pequeno salto para o interesse pela pesquisa do tema e criação. A sua dissertação de mestrado “Crónicas Urbanas: Representação e crítica da cidade nas Histórias em Quadrinhos” foi indicada para o prémio ANPUR 2015 no Brasil e finalista no concurso Future Ideas 2015 nos Países Baixos.

Radicada em Roterdão desde Janeiro de 2015, Tânia trabalha como pesquisadora e ilustradora freelance em várias áreas visuais, como BD, ilustração infantil, editorial e científica. O seu trabalho integrou algumas exposições colectivas em Portugal, no Brasil e nos Países Baixos. Ganhou o concurso Sesimbra é peixe e arte de rua, 2ª edição 2014, em Portugal, a Worldwide Picture Book Illustration Competion 2015 nos Países Baixos, Melhor Arte pela BD Gandarinha, Melhor Coloração, Melhor Legendagem e Balonagem pela BD Iguarias Gourmet nos prémios Quadradinhos Fantásticos II 2016 e o Gorsedh Kernow Creativity Award 2017 pela BD Men an Tol na Cornualha em colaboração com Joana Varanda.

Participações no mundo da BD:

  • O Portal de Pedra, em colaboração com a escritora Joana Varanda. In: H-Alt Magazine nº5, Lisboa, Portugal, Maio 2017.
  • Encyclopaedia Fantástica: Cornualha, em colaboração com a escritora Joana Varanda. Atelier 3|3, Porto, Portugal, Maio 2017.
  • Púrpura, página “Às vezes parece que estou em luta comigo mesma” em colaboração com o escritor Pedro Cirne de Albuquerque e o artista Mário César, São Paulo, Brasil, Dezembro 2016.
  • As Ruas Eróticas dos Quadrinhos: O Papel da Prostituta na Cidade. In: Cadernos de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo vol.16, nº1. Universidade Presbiteriana MacKenzie, São Paulo, Brasil, pp. 92-129, 2016.
  • Iguarias Gourmet, em colaboração com argumento de Sérgio Santos. In: H-Alt Magazine nº4, Lisboa, Portugal, Novembro 2016.
  •  À descoberta do lixo perdido, escrito por estudantes para a Organização Descobrir os Oceanos. Formato Verde, Lda, Porto, Portugal, Setembro 2016.
  • Um Sonho que Nasce na Metrópole: Considerações sobre a Cidade Moderna em Little Nemo in Slumberland. In: V!RUS [e-journal], São Carlos, n. 12, Brasil, 2016.
  • Gandarinha, em colaboração com a escritora Joana Varanda. In: H-Alt Magazine nº3, Lisboa, Portugal, Julho 2016.
  • Punição, em colaboração com argumento de Sérgio Santos. In: H-Alt Magazine nº2, Lisbon, Portugal, Abril 2016 & Sliced Quarterly Magazine issue#4 An experimental comic anthology, UK, Outubro 2016.
  • Akuma tomo I, em colaboração com argumento de West Givner, Rotterdam, Países Baixos, 2015.
  • Gluttonous Dogs. Fanzine de edição independente. In: colecção “Little Awful Annie” para a Howard-Tilton Memorial Library na Tulane University. New Orleans, U.S.A., 2014.
  • Tânia Cardoso
    Pranchas da BD Gandarinha, publicada na revista H-alt #3
Tânia Cardoso
Pranchas da BD Iguarias Gourmet, publicada na H-alt #4

 

Tânia CardosoTânia CardosoTânia CardosoTânia Cardoso

Conexões:  behance / instagram / twitter facebook

 

Written By
More from Sérgio Santos

30 Dias, 30 artistas: Inês Garcia

Nasceu em Lisboa, no Inverno de 1990. Desde que se lembra que...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *